Como pré-autorizar um cartão usando a funcionalidade do processador de pagamentos

Quando você possui um Processador de Pagamentos ativo no PMS da Cloudbeds, você pode pré-autorizar o cartão de crédito do hóspede para ele "reservar" um determinado valor no seu cartão como garantia pela estadia e realizar a cobrança desse valor posteriormente.

Este tutorial explica como obter a pré-autorização do cartão de crédito usando um processador de pagamentos conectado ao PMS da Cloudbeds. Se você está conectado à Cloudbeds Payments, leia esse tutorial: Cloudbeds Payments - Como autorizar cobranças adicionais

Como pré-autorizar um cartão que ainda não obteve essa pré-autorização

Se o cartão de crédito ainda não foi adicionado à reserva, adicione-o seguindo os passos descritos abaixo:

  1. Dentro da reserva, clique na aba Cartão de crédito.
  2. Clique em + Adicionar cartão
  3. Insira todos os dados do cartão

Depois que o cartão de crédito for inserido:

  1. Selecione o cartão de crédito que você gostaria de pré-autorizar (caso você tenha mais de um cartão adicionado na reserva)
  2. Clique em AUTORIZAR
  1. Insira o valor a ser autorizado e clique em AUTORIZAR
DEMO - Beach Life Testing - Reservas - Google Chrome

Período de pré-autorização

  • O período de pré-autorização depende do processador de pagamentos. Verifique com o seu processador por quanto tempo o valor pré-autorizado ficará bloqueado no cartão.
  • No PMS da Cloudbeds o período máximo da pré-autorização é de 30 dias para a Cloudbeds Payments e 7 dias para outros processadores de pagamento.
  • Exceção Importante: Se a sua propriedade estiver no México e a origem da transação for no México (ou seja, o banco emissor do hóspede estiver no México), a autenticação expirará após 7 dias.
  • Uma pré-autorização que ultrapasse esse período é cancelada automaticamente. O valor pré-autorizado será removido dos Detalhes e não será possível realizar a cobrança ou cancelá-la, conforme mostramos abaixo.
  • Você pode solicitar novamente uma pré-autorização do cartão de crédito caso a data do check-in esteja muito à frente, para "segurar" o valor do depósito (veja a seção Ações para cartões que já foram pré-autorizados). É possível incluir essa informação nos seus termos e condições.

Ações para cartões que já foram pré-autorizados

Se o cartão de crédito já foi pré-autorizado, você verá os três botões ao lado:

1. Pré-autorizar

  1. Se a pré-autorização anterior expirou (leia a seção Período de pré-autorização), fazer isso novamente criará uma nova autorização com um novo valor.
    • Exemplo: O cartão de crédito foi pré-autorizado para um depósito antecipado de $100 usando o Stripe há 8 dias. O período da pré-autorização já expirou e o valor foi liberado - se você clicar em pré-autorizar e digitar $100, o valor total pré-autorizado será de $100.
  2. Se a pré-autorização anterior ainda estiver válida, fazer isso novamente adicionará o novo valor à pré-autorização original.
    • Exemplo: O cartão de crédito já foi pré-autorizado para um depósito antecipado de $100. O período da pré-autorização ainda não passou - se você clicar em pré-autorizar e inserir $100, o valor total pré-autorizado será de $200.

2. Capturar

  • Irá capturar os fundos de uma pré-autorização existente. Aparecerá um campo para digitar o valor, que poderá ser menor ou igual ao valor da pré-autorização.
  • Se um valor menor for digitado, o restante será cancelado. Se um valor maior for digitado, a transação não será realizada.

3. Cancelar

  • Cancela a pré-autorização existente e libera a pré-reserva.
  • O cancelamento é processado quando solicitado por nós, mas pode levar até 14 dias para liberar a pré-autorização da instituição financeira que foi emitida no cartão.

Registro da pré-autorização e cobrança

Você encontra detalhes da pré-autorização e da cobrança (data/hora, tipo, ID da transação e valor), conforme mostramos abaixo:

  1. Acessa a aba de Cartão de crédito.
  2. Clique em Logs.
  • O ID acima é o ID da transação gerado pelo seu processador de pagamentos para identificar uma operação financeira envolvendo movimentação de valores de uma conta bancária a outra. (por exemplo: da conta bancária do hóspede à sua conta, ou vice-versa).
  • Você pode usar o ID como referência ao buscar os detalhes da transação na extranet do seu processador de pagamentos.
  • Dependendo do seu processador, você pode ver o ID do pagamento no Relatório do Processador de Pagamento. A maioria dos processadores de pagamentos não geram um ID de transação para aquelas que não envolvem movimentação de valores (ou seja, pré-autorização).
Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 4 de 4

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.